Instagram

domingo, 25 de setembro de 2011

Luas cheias

Para Walter Carvalho, a capacidade de contemplação do homem está se exaurindo. Não existe mais tempo para lero lero com o vizinho. "Li em algum lugar que se você vive 60 anos, não terá visto mais de 20 luas cheias". Ele, que afirmou ter se tornado fotógrafo porque não conseguiu ser pintor, quer viver em um local onde seja possível perceber a transformação da natureza, "a ressurreição da flora depois da chuva". Em sua entrevista para a série Sangue Latino, disse que sem utopia não há evidência de futuro. "O artista não tem cura e tem de estar afinado com a ideia de que a arte foi feita para mudar o mundo. É preciso que se diga isso sempre". O cineasta de Terra Estrangeira e Abril Despedaçado atualmente escuta Raul Seixas.

Um comentário: