Rei, capitão, soldado, ladrão

Com nuvem carregada de cinza ou em dia de brilho solar; abraço, pulo, bola, choro, riso, abraço. Ainda hoje a mesma canção de outrora no boleio, 'com quem você pretende se casar?' Na vila à beira da BR 277, eles vivem como quem sabe que é melhor ser alegre que triste. Como quem não tem outro jeito. Crescem de uma maneira ou de outra e, aos 13, não cabem muito bem no lugarejo.


Comentários

  1. Que bom que em alguns lugares essas coisas não se perdem.

    ResponderExcluir
  2. "Alegria é a melhor coisa que existe"

    ResponderExcluir
  3. Que melancólico viver num lugar como esse. Essas pessoas precisam descobrir que o mundo é muito mais que isso. A alegria se faz nas relações que constituímos com as pessoas, não só no lugar.

    http://ztesis.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas