Instagram

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Sobre botões

Ela gosta de ter botões coloridos nos cadernos, nos brincos e até nas blusas e nesta tarde gripada pensou com seus botões, sobre tudo e nada. É que um dia ouviu dizer por aí, acho que foi numa esquina, que na casa do Seu Botão moram muitos e muitos e muitos, e cada um tem seu papel na sociedade dos seres inanimados e redondos com buraquinhos (que seriam os olhinhos) de passar o fio e a agulha, que cutuca, -"Ai, ai". Ninguém fala sobre isso, mas há de se convir que não existe nada mais triste que ser o primeiro botão, aquele que ninguém ousa fechar, porque está muito perto do pescoço. Ou aquele que cai num dia qualquer, e nem é percebido... só depois de um tempo, quando se vai numa loja especializada em miudezas, procurar um parecido, do mesmo tom, tamanho, importância.

imagem: Getty Images.

5 comentários:

  1. Ai, Scheyla, gosto tanto dos seus textos. Simples e complexos. E deliciosos!

    ResponderExcluir
  2. Me senti motivado a criar um blog. Você um dia falou que eu tinha potêncial... Gosto de ler vc. Espero contar com seus comentários.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. parece brincadeira e você não vai acreditar: mas hoje mesmo, há minutos atrás, perdi um botão da minha camiseta.

    ResponderExcluir
  4. Botão, botão. Botão de bota grande. Botão de segurar as vergonhas do nu.

    Que bom Scheyla!

    ResponderExcluir
  5. Essa expressão "pensar com seus botões" não tem equivalente. E o texto ficou lindo!

    ResponderExcluir