Instagram

segunda-feira, 31 de março de 2008

Título algum

,sonhava. E sabia que isto lhe custaria algo, não era possível querer sonhar sem pagar por isso. Eles sempre falavam que tudo, tudo, tudo tinha um preço - em certos momentos era alto demais. Mas mesmo assim, sonhava. No fundo queria provar que era possível, era, era... seria. Por um dia, ou dois - quem sabe uma semana - esperava não saber sobre o que a lei previa, sobre o que a TV dizia, sobre o que os outros já tentaram sem obter êxito. Simplesmente precisava de uma nova chance, chance de não entender e mesmo assim transcender. Chance, oportunidade, expectativa, esperança, e mais;

Olhando pela janela, todos pareceram como uma colcha de retalhos, de uma só cor. Nada destoava, nem o fio utilizado na costura. Seria angústia aquele aperto perto da garganta?
Tomou ar.
Sentiu. Mais uma vez e sempre. Insistiu.
Por quê?

Boa pergunta.

Um comentário:

  1. Uma vida sem buscas não é digna de ser vivida (Sócrates)

    ResponderExcluir