Instagram

terça-feira, 6 de março de 2012

Coisas insignificantes

No mesmo dia em que a caneta estourou na mão, o canto da página da tarefa rasgou no momento de destacá-la do caderno. Acabou a pilha do controle do portão eletrônico e o ponteiro do combustível correu sorrateiramente para perto da reserva...

A pasta de dente se jogou no uniforme vermelho, justamente na única camiseta que estava limpa, e a ingrata lâmpada do banheiro queimou. A impressora devidamente instalada não foi reconhecida e a ligação pulou direto para a caixa postal, sem perdão. No resumo são tantas pequenas tragédias cotidianas, tantas coisas insignificantes demais para serem esquecidas.


2 comentários:

  1. Respira. Vai melhorar, Scheylete.

    ResponderExcluir
  2. Um pequena tragédia puxa a outra, num loop quase infinito, mas alguma coisa no dia sempre faz compensar. =)

    ResponderExcluir