Instagram

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Maria Ninguém

Então o amor deve mesmo ser o sentimento que transforma a outra pessoa na edição exclusiva. Repleta de singularidades. Entre tantas por aí, nas calçadas, séculos e filas, é somente aquela a dona dos trejeitos mais interessantes, até mesmo quando irritam. Tudo depende do jeito de olhar. Durante o casamento coletivo que uniu 220 casais em Guarapuava há alguns dias, deu para perceber que essa ideia possui respaldo e adeptos. Nem um dos dezenas de casais se importou em compartilhar o momento com várias pessoas desconhecidas. "Para mim, só estamos ele e eu aqui", explicou uma noiva de 55 anos, contente da sorte de ter vencido a catarata simbólica que embaça a visão e não deixa muitos verem como têm histórias extraordinárias. E deve ser por isso que João Gilberto cantava os versos de Carlos Lyra: "pode ser que haja uma melhor, pode ser. Pode ser que haja uma pior, muito bem. Mas igual à Maria que eu tenho, no mundo inteirinho igualzinha não tem. Maria Ninguém, é Maria e é Maria meu bem".


3 comentários:

  1. E seu blog é muito interessante... ja estou seguindo adoro ler... Siga o meu se vc gosta de boa musica certamente aprecia Maria gadu segue lá ta muito legal e atualizado te aguardo lá...http://mgadu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu blog. Tô seguindo. Dá uma olhada no meu. http://celinhasempresaorosas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. O seu blog é mto interessante, ja estou seguindo e to adorando ler, dá uma olhadinha no meu http://meggzim.blogspot.com/

    ResponderExcluir