E no meio de tanta gente - Parte VII

No primeiro plano, José Ribeiro, que garante sua renda na informalidade, vendendo sucos naturais há seis anos. "Tem de laranja e de laranja com goiaba, se eu fosse você escolheria o que tem goiaba". Atrás, olhando o movimento, Haroldo do Amaral, o homem que faz trabalhos com letras copiadas a mão e sabe o Esperanto. Faz também pintura em casca de ovo de galinha e em grão de arroz. Figuras encontradas na esquina da vida incessante.

Comentários

  1. Dia desses, aqui em Porto Alegre, eu vi um cara que dizia escrever até seis nomes em um grão de arroz. Imagino que o Haroldo também consiga.
    Que difícil, pensei.
    Só não entendi por que alguém vai querer ter seu nome em um grão de arroz...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas