Estações

Como naquele dia,
em que andamos sem rumo.
Rimos da vida.
E, por algumas horas, acreditamos que apenas os momentos bons existiam.

Comentários

  1. pucarana, horst véia batuta
    fazendo o estilo escritora entao... bões textos... volta e meia a gente passa por aqui... bjo do gordo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas