O que mais importa

Enquanto ela voltava para casa, numa rua qualquer, viu uma criança virando restos num lixo de alguém. Então, sentiu no íntimo um misto de pena com compaixão. Mas estava garoando e ela não podia molhar a chapinha que tinha acabado de fazer no cabelo. Correu e pouco depois já tinha esquecido a cena de outrora. Chegou em casa e ligou a TV. Já estava na hora da novela.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas