Instagram

quarta-feira, 31 de janeiro de 2007

Indiferente

Ela nunca sabia quantos minutos tinham se passado. Certa vez, ela andava pela rua com seu guarda-chuva preto na mão esquerda. Dobrou a esquina, encostou-se no muro e sentou-se na calçada. Algumas pessoas passaram por ela. E nem perceberam. Mas ela via o mundo. E queria mudar o mundo Ah, o mundo. Então se levantou e prosseguiu, com seu guarda-chuva preto na mão esquerda e seus sonhos na cabeça.
Por Scheyla.

Um comentário:

  1. É. Essa indiferença é o que impede que muitas vezes façamos diferença.
    Se as pessoas se unissem para ver e mudar o mundo, talvez algo mudasse.

    Bom texto garota.
    =*

    ResponderExcluir