Instagram

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Olhos coloridos

Não, ela não pode mais andar, tampouco consegue movimentar qualquer membro.
Leide Moreira, 59, sofreu Esclerose Amiotrófica, uma doença degenerativa que lhe roubou aos poucos o controle sobre o seu corpo. Porém algo não foi atingido: os brilhosos olhos. Ah, esses permaneceram intactos. E agora, numa cama, são eles quem lhe dão ânimo e esperança de que nem tudo foi perdido.
Com o auxílio de uma tabela composta por letras em linhas ordenadas e de códigos definidos, Leide dita poesias. Por meio de seus textos, ela toca o mundo ao seu redor e afirma a sua existência. Por dentro do corpo imóvel, pulsa um coração forte, que não lhe deixa desistir.
E não há como permanecer indiferente a esses olhos profundos.

..."Plantei e colhi flores no meu jardim. Retirei as ervas daninhas... Cultivá-lo faz bem para mim. E eu nem acredito que as flores sejam minhas”... Meu Jardim - Leide Moreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário