Instagram

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Mind full of doubts

Será que alguém se importa?”, ela pensou,
enquanto caminhava sem rumo pelas ruas daquela cidade agitada.
Uma brisa suava tocou seu rosto e quando passou,

levou aquela fraqueza.
Então ela pensou novamente ...
“Não, ninguém se importa. Mas eu não vou titubear”.

Dessa forma prosseguiu pelo caminho.
Para lugar nenhum – quem sabe?
Mas há coisas que ninguém comenta
e há pessoas que ninguém enxerga.

Um comentário: